Vício que não me deixa trabalhar e só me dá vontade de ser realizador

Tem apenas dois nomes este novo vício: Casey Neistat (lê-se "nice tat", como o próprio costuma explicar). Este norte-americano consegue produzir no YouTube conteúdo com mais entretenimento que muitas séries televisivas que por aí andam.

Além do trabalho como realizador para várias marcas (Mercedes, Nike, Samsung...) e de percorrer o país e o Mundo a dar conferências sobre os novos media e a produção audiovisual no séc. XXI, Casey mantém um vlog no YouTube onde partilha parte do seu quotidiano. Desde o seu amor por Nova Iorque (onde vive) até a momentos mais familiares, passando por pedaços do que é ser empreendedor (o homem criou uma app que deu origem a uma companhia, que foi comprada pela CNN, e agora andam a produzir um híbrido de história/reportagem/documentário para o YouTube. Vejam aqui mais.), os daily vlogs são verdadeiramente viciantes, tal como uma boa série de televisão.

Isto deve-se ao facto de Casey utilizar linguagem cinematográfica nos seus vídeos. Ele não se limita a apontar a câmara para si e pronto. Não, se prestarem atenção e tiverem algum conhecimento de cinematografia ou mesmo de produção audiovisual vão perceber que ele investe mesmo muito tempo e trabalho nestes vídeos diários que publica. Mais admirável ainda é ser, supostamente, o tipo que ainda os edita no final.

Este é um exemplo de um daily vlog.


Este é um dos meus favoritos. Não se trata de um daily vlog, mas sim de uma espécie de vídeo motivacional/ elogio aos youtubers.



Mensagens populares