Já tenho o carro reparado - O fim da saga

Ligaram-me a dizer que podia ir buscar o carro à oficina. É o fim de um outro martírio (que não o de estar privado do carro por uns dias), o martírio dos amigos e conhecidos que previam "um fim do mundo" de dinheiro que eu teria que pagar pela reparação.

Sobre isto acho interessante o facto de se aplicar com frequência a "lei do cu". Todos têm um e dão-o a quem quiser. Neste caso, toda a gente tem opinião sobre o preço de um kit de reparação de uma bomba injectora e de uma correia de distribuição, como se mecânica fosse uma disciplina obrigatória desde os bancos da escola primária. Todos têm um opinião sobre quanto me sairá do bolso.

A verdade é que ninguém acertou (como poderiam? Nenhum é mecânico) e paguei um preço que me parece justo pela reparação e o carro aparentar estar impecável. Mais curioso, foi que nenhum teve a amabilidade de se chegar à frente para pagar a factura. É que estavam tão interessados em saber o valor da reparação, que eu ainda tinha a secreta esperança de que era para a pagar.