Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2012

E aquelas fases filhas da puta em que um gajo anda a questionar tudo sobre a sua vida?

São fodidas, né?

Não sei porquê...

Imagem
... mas tenho cá para mim que esta beluga andou a ver os Contemporâneos...



"Fuck, i don't think there's anything more beautiful than this girl dancing and moving on this performance."

Isto aqui acima é o comentário com mais "likes"deste vídeo no YouTube.

E o gajo tem toda a razão.

Sabes que a idade já pesa...

... quando dás por ti a adormecer num café cheio de pessoal a ver a bola.

O facto de ser o FC Porto a jogar diz bem da qualidade do jogo em causa e do meu interesse na equipa. 

Já posso riscar isto da minha lista.

Próximo desafio: adormecer numa discoteca.
Imagem
Ainda não consegui ver por completo "Shut Up and Play the Hits", o documentário que relata as últimas semanas de vida dos LCD Soundsystem, acompanhando principalmente James Murphy, o mentor e criador da banda, que culminaram com o brutal (e último) concerto no Madison Square Garden. Há imagens fantásticas como em "Us vs. Them" quando todo o recinto é iluminado pelos reflexos da bola de espelhos gigante e se vê o público a dançar, completamente extasiado e com sorrisos de felicidade. Memorável.

Mas do pouco que vi, confirma-se a minha teoria. James Murphy é um dos seres humanos mais cool do planeta Terra.




E tem um penteado que lhe faz jus.

Destroika.me

Imagem
O espectacular, acutilante e pertinente projecto de um amigo meu. Em vez de levarem um cartaz ranhoso para a próxima manif, metam pinta com uma destas.

New low

Comentário de café ouvido durante o jogo do Benfica esta tarde:
"Eles (SLB) são muita fraquinhos. Até parece o Sporting a jogar!"

Quem nunca se viu numa situação destas que atire a primeira pedra.

"Great success!"

Imagem

Um dia ainda vou fazer isto.

Imagem

Do trabalho de um gajo

"Mas tás a ver a cena do pintelho?"
Imagem
Imagem
O Halloween chegou ao Pingo Doce. Mas como somos portugueses e os grandes inventores da prática do desenrascanço, em vez de se esculpir a abóbora, colam-se uns olhos e uma boca com papel autocolante e está feito. Sim, eu sei que o propósito é vender a abóbora, mas podiam ter umas quantas esculpidas (e para venda - eu compraria!).
Ao mesmo tempo, atente-se no preço do quilo da batata vermelha.

Monotone

You chat me all night long

A parte curiosa de ficar a trabalhar pela noite dentro e deixar o Adium (ou qualquer outro programa de conversação) ligado é que, a partir das 4:30/5:00 da manhã, assiste-se a uma interessante actividade aparições no dito programa.

Conclusão: a malta vem da noite e vai para a net. Será que estão mesmo à espera de ir falar com alguém ou vêm gozar com os tristes, como eu, que estão a trabalhar?

Directas a trabalhar, as saudades que eu tinha de vocês.

Coisa boa para manter um gajo acordado pela noite dentro e evitar que espete com a testa no teclado do computador.

O "boa" acima descrito não se refere à qualidade da música, mas sim à qualidade de espantar o sono.

Marrões

Estava eu a ver uma reportagem na TV sobre as melhores escolas do país, onde entrevistavam os melhores alunos das mesmas e dei por mim a pensar...

Não há hipótese, os marrões terão sempre ar de marrões.
Mesmo que sejam fixes, pratiquem desporto e saiam com os amigos. E eu sei bem porque fui um.

Eu sou daqueles que acho que é bom odiar aquelas pessoas que são mesmo boas a fazer algo.

Imagem
Tipo o Jerry Seinfeld. É co-autor e protagonista de uma das sitcoms que ficará para a História da Humanidade. E eu odeio-o, mas no bom sentido da coisa. Porque ele é um génio da comédia, não só pela sua capacidade em olhar para as pequenas coisas do nosso quotidiano e comportamento humano como consegue fazer humor com elas. Humor inteligente, note-se.


Tal como todos os génios, eles fazem coisas geniais, mas incrivelmente simples. Veja-se isto.

Comedians in cars getting coffee parte de uma premissa tão simples como ir buscar um amigo para tomar café com ele. Convém não esquecer que falamos de Jerry Seinfeld e que entre o seu leque de amigos estão tipos como Ricky Gervais, Alec Baldwin, Carl Reiner e Mel Brooks, entre outros nomes grandes da comédia. Aquilo que poderia ser uma mera conversa entre amigos transforma-se quase num sketch. 

Há alguns episódios hilariantes como o de Ricky Gervais e outros que tocam o comovente, como quando Seinfeld se encontra com o seu amigo Michael Richards (o…
Terá sido por volta de  2007 que o conheci. Estava eu no Rádio Clube, no Porto, a trabalhar como produtor. Dele, recordo-me da simpatia com que aceitou o convite para ir à rádio, ao telefone, e pela humildade com que disse que não percebia muito bem porque é que o queríamos lá na rádio e também a preocupação em não saber se conseguiria chegar a horas, pois tinha consulta no dentista para esse dia da entrevista.
No dia marcado, lá apareceu, pontual e simpático. Recordo-me que apesar de tudo estava um bocado chateado porque tinha vindo do dentista e não estava muito contente com o resultado. Depois, entrou para o estúdio onde durante meia-hora esteve à conversa com o pivot (se não me engano, foi falar de uma obra que tinha lançado recentemente). Com os meus afazares todos, não consegui ouvir a conversa. Contudo, lembro--me de que quando saiu do estúdio, fez questão de se vir despedir de mim e agradecer o convite, dizendo que tinha gostado bastante daquela meia-hora e que por ele até tinh…

Um gajo acorda e está sol.

Imagem
Isto depois de ter chovido quase sem parar nos dois últimos dias. Eu não acredito em coincidências, mas tenho quem acredite e, por causa disso, me faça acreditar. Hoje está sol e isso é sempre bom sinal.

Uma das melhores maneiras de promover um filme que eu já vi.

Imagem
Ainda para mais sendo um Bond movie.

Eu não devo ser...

... claramente, uma pessoa muito normal. Qualquer outro, estaria muito contente com o que me está a acontecer, mas eu devo estar no Top 10 dos maiores cépticos do planeta Terra e só quando as coisas me aparecerem à frente, ou na TV, ou na Internet é que eu vou acreditar no que me está a acontecer.

Five seconds (to my heart)

Imagem
Talvez por ter nascido nos anos 80, a sonoridade musical que marcou esta década está para mim como o naco de carne do cão de Pavlov. Tudo o que é bandas e projectos musicais que recuperem ou se assemelhem ao que se fazia nos eighties é meio caminho para me convencer.
Hoje, já muito tarde, convenhamos, conheci Twin Shadow e pronto. Isto é sem dúvida das melhores coisas que me podiam acontecer este ano.
Imagem

A banda-sonora perfeita destes dias.

Imagem
E como eu gosto destes dias.  Não, não é ironia.

Acho que já percebo porque é que a malta gosta de ver "A Casa dos Segredos".

É que aquilo é uma espécie de BBC Vida Selvagem... mas com humanos. De qualquer modo, continuo a preferir ver o dos animais.
Imagem
Descobri um talento escondido de contra-terrorista após várias horas seguidas a jogar Call of Duty: Modern Warfare.

Também começo a desconhecer a existência de uma coisa a que dão o nome de "vida social".
Imagem

Há que dar os parabéns ao Correio da Manhã por colocar na capa aquilo que a Playboy portuguesa não mete:

Mamas!

Verdades universais, lemas de vida e afins #4:

Imagem
"Carpe diem. Seize the day, boys. Make your lives extraordinary."

Regresso ao passado.

Imagem

Andar a pé ou de autocarro.

É a solução que tenho para estes bacanos que se julgam com algum direito divino a sentarem o cu em carros topo de gama. Viaturas essas pagas (sejam adquiridas ou numa qualquer outra modalidade como renting ou leasing) com o dinheiro dos contribuintes. Esses trastes que querem que o líder de uma bancada parlamentar (!) ande num Clio. Sacanas, pá! É só má vontade dos portugueses, com os seus vencimentos acima da média europeia, reduzida carga fiscal e qualidade de vida no topo do ranking mundial, não quererem que os elementos do grupo parlamentar socialista desloquem os seus rabos num automóvel de mais de 60.000€.
Que passem a andar a pé. Aquilo parece um bando de texugos na Assembleia. Só gordos. A outra opção é passarem a utilizar os transportes públicos. Tal como faz qualquer contribuinte português, que cada vez mais tem que abdicar do seu... Clio para andar nos transportes públicos e poupar. Talvez se percebessem o suplício que é fazer uma viagem ao Interior do país com os transporte…
Imagem
Há um café na Baixa onde gosto de ir lanchar, principalmente por ter uns bolos altamente espectaculares, mas cujo nome não sei. Sei que são bons e que nunca me dei ao trabalho de perguntar o nome aos empregados. Desconfio que terão um nome muito foleiro e que a magia da coisa se perderá.
De qualquer maneira, sempre que venho do tal café, não consigo deixar de recordar este sketch dos Gato Fedorento. Imagine-se porquê.

Verdades universais, lemas de vida e afins #3:

Imagem
"Beam me up, Scotty."
Porque é que sempre que um gajo está com uma dor de cabeça, surge alguém com um fdp de um berbequim?

É alguma lei do Universo ou o caralho?

Uma das melhores personagens cómicas da TV actual.

Imagem

All time favourite

Imagem

Eu tenho um dom.

Imagem
Aliás, tenho vários. Infelizmente para mim, estes dons têm uma enorme propensão para o azar e para me lixar/embaraçar.
Um deles, por exemplo, é, numa carta de sobremesas, sem conhecer qualquer uma das disponíveis, apontar para uma e, passados uns minutos, o empregado colocar-me à frente a sobremesa mais elaborada/decorada/colorida/vistosa/amaricada que podem imaginar. 
Felizmente, após a vergonha inicial, comprovo que as sobremesas são efectivamente muito boas, apesar do seu aspecto espampanante.
Por estes dias, depois de ter aderido a essas mordenices de fazer as compras do mês online, ofereceram-me como brinde uma amostra de um sumo da Compal. A verdade é que deixei-o lá ficar, perdido nas profundezas do frigorífico até que hoje lá me deu para o provar. E é bom. Muito bom mesmo. Aliás, estou a beber um copo dele neste momento. Claro que o meu dom não me poderia deixar mal e o sumo é, nem mais nem menos que este...

Yep! É mesmo isto.  Compal Light de Manga e Maracujá numa extremamente ape…

Depois de ouvir isto...

Imagem
... dei por mim a pensar que há muitos "clubs" que aprecio.

Tokyo Police Club

New Young Pony Club

Bombay Bicycle Club

Já sei o que é sofrer uma paragem cerebral.

Acabei de ver, por instantes, o Preço Certo onde uma tuna está a actuar.

Uma daquelas experiências porque se tem que passar antes de morrer...

... é claramente ir tomar o pequeno-almoço a um qualquer café em Alfama. Mas não pode ser um café qualquer. Tem que estar pejado de senhoras de idade a tomar o seu "pingo clarinho e morno".
Se uma pessoa quiser estar a par da actualidade do bairro onde vive é aqui que se deve dirigir. Sabem tudo. Tudo. Até aquilo que um tipo não quer saber.
Imagem
Não sei se sou eu que caminho a passos largos para a velhice, e para a utilização de fraldas, ou se são estas gerações mais novas que com acesso facilitado a tudo e mais alguma coisa têm excesso de informação e não a sabem seleccionar, mas ontem, um rapaz de 21 anos perguntou-me "Quem é o Eduardo Mãos de Tesoura?" 


Aí o meu cérebro parou durante uns segundos a tentar digerir aquela pergunta. Confesso que me faz confusão alguém não conhecer a personagem, a comovente história que protagoniza, e não fazer ideia de quem é Tim Burton e desconhecer o seu belo e tortuoso universo cinematográfico. Para mim, isto é quase um dado normalmente adquirido, conhecer isto tudo. 
Lá expliquei ao rapaz, assim por alto, a história de Edward Scissorhands. Ficou interessado e atirou um "Tenho que sacar, então!". Aquilo atingiu-me  como se levasse um soco no estômago. A primeira vez que vi o filme deveria ter para aí uns dez anos e foi numa "Lotação Esgotada" da RTP1. Para o vol…

Verdades universais, lemas de vida e afins #2:

Imagem
"I'm too old for this shit."

Like a boss

Imagem

Verdades universais, lemas de vida e afins:

Imagem
"Yippie-ki-yay, motherfucker."

Somos peritos em ignorar os melhores exemplos.

Imagem
Só para dizer que um projecto que eu escrevi está nomeado para um conceituado prémio internacional. Pimba, vai buscar!

Só vi ontem o Prometheus.

Imagem
E só tenho a dizer isto: Bela merda, ó Ridley Scott.

Tinhas o pássaro na mão, um conjunto de belas ideias e premissas, mas o resultado final foi com o caraças.


Salva-se o Fassbender (é um senhor actor) e a Naomi Rapace (vai ser um nome grande).

Fico lixado.

Com certeza que fico lixado. E porquê?
Porque uma coisa é sentir-me excluído numa conversa porque os restantes interlocutores falam de um assunto altamente espectacular, erudito, complexo ou técnico. E eu não percebo um boi daquilo e não posso sequer argumentar, limitando-me a ficar caladinho ou a soltar uma ou outra pergunta com pezinhos de lã para não fazer grande figura de urso.
Agora, fico lixado quando estou sentado numa mesa de café, a ver a bola, e a conversa que corre à mesa é sobre a Casa dos Segredos e eu não consigo "mandar uma para a caixa" sobre aquilo.

Vamos lá a ver...

Imagem
Não há aqui nenhuma intenção sexista. São apenas músicas de que gosto muito. Acontece que os vídeos são... sexistas.
Imagem

Tenho que dar o braço a torcer.

Imagem
Não sou leitor do i (leio mais vezes o ionline. Um hábito que me ficou de quando tinha lá uma colega e me dedicava a detectar calinadas nas notícias, a assinalá-las e depois a remetê-las por mail. Eu sou um bom colega, eu sei.), mas desta vez tenho que aplaudir a originalidade e sentido de oportunidade da capa.

Cada vez me rendo mais aos franceses.

Imagem
Musicalmente falando, claro. 
Chiça.

Cá para mim...

Imagem
... andámos a criticar o homem e ele só se limitou, muito inteligentemente, convenhamos, a pedir ajuda contra os invasores troikianos.

Ele está quase aí.

Imagem

Desafio para os próximos tempos:

Conseguir comer um iogurte até ao fim sem me sujar. Arrefoda-se!

Nota: Se calhar, comer enquanto faço outras coisas não será a melhor ideia do Mundo visto que Nosso Senhor Jesus Cristo não me fez portador de uma vagina e, aparentemente, as mulheres é que podem fazer mais do que uma coisa ao mesmo tempo. Not fair, bitch.

A chamada coerência.

Imagem
Imagem
Porque parece que hoje é o Dia Mundial do Animal e o meu favorito é o cão, aqui fica um vídeo cheio de cães.


Pronto... e uns gajos a tocar pelo meio.

A prova...

Imagem
... de que até alguns dos gajos mais cool de sempre tiveram ar de tótós.

Digam lá que este rapaz não sabe animar a malta.

Imagem

Esta vai directa para aquela secção das músicas que nos ficam um dia inteiro a ecoar na cabeça.

Imagem

E eis que os meus dias balanceiam entre um e outro.

Imagem

Nota mental e assim uma espécie de aviso.

Nunca se fitarem em homens que recomendam comédias românticas. E que sabem de cor os actores que normalmente protagonizam esse estilo cinematográfico. 
Depois não se queixem.
(Eu já tive que trabalhar com um, escrevendo em conjunto, e a dada altura juro que estive quase para lhe pedir para baixar as calças e perceber se ele era portador de um pénis ou uma vagina.)

Never forget.

Imagem
Imagem
Este governo parece cada vez mais aqueles ricos que estavam no Titanic e que na ânsia de salvarem os seus preciosos anéis e jóias, nem reparam que o bote de salvamento estava a afundar com o peso das mesmas.

Ó Markl...

Imagem
... se voltasses a escrever para TV é que era. A coisa dos Cromos até era engraçada, mas isto das Traquitanas... Hum, deixa-te lá disso. Um tipo que escreveu coisas assim não se pode alapar à sombra de traquitanas.

Há os defensores dos animais...

Imagem
... e os defensores dos animais.

Sobre as manifs.

Imagem
Tenho um problema.


Nunca consigo participar nas mesmas.

Um dia destes vou traçar-me para os EUA. É certinho.

Imagem
Os italianos devem ter a mania que cozinham massa como ninguém.  Os franceses devem gabar-se de saberem fazer queijos como poucos. Os espanhóis e o seu presunto já irritam. Os alemães deviam levar com as suas salsichas na testa para se calarem. Os portugueses têm a mania que cozinham bacalhau como se isso já nos estivesse na massa do sangue. Do mesmo modo, os brasileiros acreditam ser os melhores tipos do Mundo a assar coisas, a fazer churrascos.
No dia em que ler uma notícia sobre um brasileiro que morreu carbonizado no seu próprio churrasco, serei um homem um pouco mais feliz e mais má pessoa também.

Tenho saudades.

Dos tempos em que os obesos (e aqui todo o respeito para com os obesos) não andavam a fazer figuras tristes na TV.

Ah, bons tempos esses.

Conselho masculino

Para tipos que vão jantar a casa de uma mulher.
Quando ela vos pede "Traz música.", nunca recorram ao vosso disco-rígido com toneladas de músicas e álbuns. Isto porque, a probabilidade de acabarem a correr a lista, enquanto pela vossa mente vos passam pensamentos como "Xi, tenho aqui isto?!", "Olha, há que tempos que procurava este álbum.", entre outros, é altamente elevada e quando derem conta já têm a moçoila a olhar-vos de lado ou a adormecer. Um ou dois bons velhos CD's resolvem a coisa.

Coisas altamente.

Um dia o Vasco Palmeirim ter, efectivamente, piada.
É um gajo com talento para a animação (em rádio), mas para apresentador, enfim, coiso... Já para ser humorista... cantar umas canções e dizer piadas básicas não o transformam em humorista. Assim sendo, o Toy era humorista. Bem, de certo modo, é.

Eu começo...

... a compreender cada vez melhor o drama das mulheres em geral, e das minhas amigas em concreto. Não há maneira de um tipo andar vinte metros nesta cidade sem se cruzar com um homem afeminado. Não me interessa se é homosexual ou não. A orientação sexual não é para aqui chamada, apenas aquele conjunto de tiques físicos, aquele colocar da voz num tom irritante e... hum, feminino, posturas corporais, etc...
A mim não me incomoda, bem... minto, incomoda. Principalmente quando me doem os ouvidos das queixas das amigas que me azucrinam, volta e meia.  Mas, de facto, estando um pouco mais atento, dá para perceber a razão das queixas constantes. O que se está a passar com os homens?

Palavra de honra

Andei mais a pé nestes últimos quatro dias do que em seis meses em Trás-os-Montes.