Ser bem ou mal enganado.

01:29:00

Ninguém gosta de ser enganado. É um facto.

Contudo, há o ser enganado e... o ser enganado. Isto é, há o ser enganado pelo chico-esperto, o oportunista do momento e o ser enganado por malta que percebe da arte do "engananço".

Para mim, o que me dói mais é o primeiro exemplo. Apetece-me dar repetidamente com a caixa craniana na superfície de betão mais próxima quando noto que fui enganado por um gajo que tem para aí metade do meu QI (sendo que, convenhamos, ele não é assim tão elevado quanto isso). Não há sensação pior que ser aldrabado por um chico-esperto. Um tipo desprovido de inteligência que numa conjunção de sorte com lata consegue dar a volta a um gajo.

Depois... depois temos o outro caso, o dos gajos que... é pá, sim senhor, aldrabou-me mas há ali mestria na coisa. É como um gajo levar uma coça, mas a mesma ser dada pelo Chuck Norris ou levar uma grande finta do Messi (lamento, mas para mim é o melhor jogador do Mundo). Um gajo foi enganado, sim, mas por um craque da coisa. Quase que podíamos pedir um autógrafo em reconhecimento da proeza, não fosse a vontade superior em pontapear o indivíduo nos dentes com veemência.

You Might Also Like

1 pessoas com demasiado tempo livre comentaram isto