Não consigo entender aquelas mulheres que andam com homens que são claramente gays (a barreira da metrosexualidade há muito que foi ultrapassada por estes tipos) e apenas estão à espera de uma oportunidade para saírem do armário. 

A sério que não compreendo. Não conseguem ver o que têm diante dos olhos? Dizem que o amor (ou é a paixão?) cega, mas mesmo assim. Não acham estranho eles perceberem mais de cremes do que elas? Ter maior preocupação com o que veste que a própria namorada? Namorarem mais o espelho do que... a elas?

É que não há grandes dúvidas sobre o futuro destas relações.

Entretanto, fiz uma pausa neste texto e fui até à varanda. Gostava de dizer que foi para fumar um cigarro, mas rendo-me e admito que foi para comer uma maçã ("És um menino!") e vi a minha vizinha a chegar a casa com o namorado. E, pronto, concluo mesmo que o amor é cego e não percebo nada disto e vou-me calar.

Comentários

Mensagens populares