Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2011

Pragmatismo à paulada

Ela: " (...) homens com os quais uma troca de olhar diz tudo"

Eu: "E não diz nada. Os olhos não falam. É a boca que fala."

Island in the sun

Imagem
Aquela sensação de que apesar de tudo cá fora parecer uma autêntica merda, mas por dentro estamos e sentimo-nos bem. É isto que esta música me recorda.

É tudo bom neste clip.

Imagem

Descobri a minha banda sonora para este Inverno (ou Outono, sei lá)

Imagem
Aqui fica uma pequena amostra.

Definição inegável de "moda"

"É uma mistura de parolo com fashion que depois parece pseudo-intelectual". 

E assim se descreve 83% da malta de Lisboa e 92% da clientela do Lux.

Eu não estou a falar literalmente de airbags e de dar com os cornos na parede.

Já reparei que os seres humanos têm uma grande propensão para se estamparem directamente com os cornos na parede, mesmo quando é uma grande e bonita parede. Daquelas bem grandes, que se vêem a quilómetros de distância. Se preciso for, até têm sinais de perigo (e dos amarelos) a alertar para o facto. Mas pronto, há um qualquer fascínio com o acto de "espetar os cornos numa parede". Já nos tentámos precaver criando o airbag, mas infelizmente, ainda não existe um airbag portátil para o nosso dia-a-dia.

É simples.

Não quero saber de mulheres. Nem de homens, claro.

Planeta Música

É de louvar a RTP ter apostado num programa como o "Planeta Música". Até porque tirando o já bafiento e desinteressante "Top +", não se fala sobre (e ouve) música portuguesa em mais lado nenhum. Agora, o que não era preciso era ter o João Vieira (X-Wife, DJ Kitten) e Mónica Ferraz (Mesa) como apresentadores. É que, pelo menos para já, nota-se a pouca à-vontade para estar à frente das câmaras e conduzir o programa. Alguém com mais "km's em cima" no meio televisivo talvez fosse melhor. Acaba por ser um pormenor, é verdade, mas é talvez o ponto menos positivo que se destaca do programa. Não estão mal, mas pelo menos no início ainda estão um pouco "verdes".
De resto, a ideia é plenamente louvável, o conceito do programa é giro ("Em todos os programas o Planeta Música recebe 2 bandas/artistas convidados, uma já mais conhecida do público e outra ainda a iniciar.") e a selecção musical também é muito boa. Outro ponto a favor é o tema do ge…

Ah! Como eu gosto destes sacanas que em pleno séc. XXI soam aos anos 80!

Imagem

Há sempre uma.

Imagem
PS: O cansaço só deu mesmo para publicar isto. Ah, e para limpar o fio de baba que insiste em escorrer.

Também comento coisas sobre a TV actual.

Não sou espectador assíduo da "Casa dos Segredos", mas ontem ao ver uma emissão do programa fiquei com as seguintes dúvidas:

1 - Porque é que está lá um gorila?
2 - Qual é o problema daqueles gajos com a roupa? Ou melhor, com a ausência dela?

Eu manifesto-me assim. Mais do que isto dá trabalho.

Imagem
Imagem

That's what friends are for

Matemática pessoal

E frio?

E chuva?
Não?

A melhor versão acústica de sempre. De todo o sempre.

Imagem
E ainda me estou a roer todo por ter acabado de descobrir que perdi o concerto de apresentação do novo disco "Novo Disco" no Musicbox.

Para quem não sabe o que é música.

Imagem
É isto.

Ficções reais

No sítio onde trabalho temos um lema. Melhor, a equipa na qual trabalho tem um lema. E esse lema está afixado e bem visível na parede: "Isto é ficção. Queres realidade? Vive a tua vida!". Normalmente quando há um bloqueio criativo (e como os há depois de noites maldormidas) é olhando para esta frase que o ultrapasso. A melhor parte é quando a realidade, numa grande bofetada, tivesse ela mãos, nos mostra que consegue tão facilmente suplantar a ficção que escrevo todos os dias. Isto ocorreu-me passados alguns minutos de ter recebido uma mensagem de uma amiga minha a contar que o namorado tinha sido vítima de carjacking com direito a ameaças e shotgun apontada. Foda-se, por muito que um gajo ficcione, a realidade é sempre mais violenta.

Questões existenciais

Gostava de entender o que é que uma mulher com mais de 30 anos vê num homem que veste calções, calma! A melhor parte vem já a seguir, - e os traz pelo fundo do rabo, mostrando orgulhosamente os seus boxers.
Bem, na verdade, estou a mentir. O que eu quero mesmo saber é porque é que ela anda com ele.

Eu não sei qual a utilidade desta geringonça...

Imagem
Mas o puto que todos os homens ainda são (e nunca deixam de ser), quer um...

Um gajo está vivo.

(É só mesmo isto. Não tenho tempo para escrever mais),