Vá lá que eu nem tenho grande pontaria.

Quem disse que passar um dia em frente ao computador, a escrever cenas atrás de cenas, não é cansativo, ponha o dedo no ar. É para eu lhe atirar com um calhau.