A diferença...

... entre quem faz rádio há muitos anos e quem só lá chegou há meses vê-se bem em pequenos pormenores.

Claudia Semedo (de quem eu não gosto de ouvir ao microfone...) está lá há muito pouco tempo. Por isso lá se vão perdoando algumas gaffes. Hoje, foi mais uma. E conta-se em poucas palavras.

No programa "Manhãs da 3" (conduzido pela própria, em vez de José Mariño - caso para dizer, venha o diabo e escolha...), falou em directo de uma ouvinte (disse até o nome completo) que tinha enviado um email a dizer que fazia anos e que gostava muito de ir ao concerto da banda "30 Seconds To Mars", e deu a entender que, como a Antena 3 estava a oferecer bilhetes para o dito concerto, a ouvinte "ganharia" (sem ter que telefonar para a rádio como o restante auditório...). Foi preciso "ir à antena" Jorge Botas, produtor do programa, resolver a trapalhada da "animadora". Disse que se a ouvinte queria um bilhete teria que ligar para lá e que a Antena 3 não era a "Santa Casa da Misericórdia. Lá, é que têm muitas coisas para oferecer...". Isto perante a birra de Cláudia Semedo.

Cá está a diferença de experiência entre os dois a falar mais alto. Jorge Botas sabia que se oferecesse aquele bilhete aquela ouvinte, iria estar a abrir um precedente. E, a partir daí, qualquer ouvinte se sentiria no direito de pedir alguma coisa à rádio por um pretexto qualquer (fazer anos, ter um filho, entrar na Universidade, apanhar a primeira bebedeira, primeiro banho do cão...).

Eu já fiz produção de um programa de rádio e se a Cláudia Semedo queria mesmo oferecer o bilhete à ouvinte só precisava de ter feito uma coisa. Estar calada.

Mostrava o email ao produtor, pedia-lhe para dar o bilhete à ouvinte e estava feito. Abrindo o bico como o fez só aproveitou para juntar mais uma gaffe ao currículo.

PS: Sinceramente não consigo perceber porque ainda insistem em manter a actual equipa do "Manhãs da 3". Cláudia Semedo ainda é muito "verde" e, muito honestamente, pode resultar no meio audiovisual, mas em rádio, não! José Mariño é um gajo tremendamente irritante. O único que se "safa" é o Nuno Markl, mas esse, já é um "bicho de antena". Já é tempo de ir buscar a Ana Lamy aos fins-de-semana, onde faz um programa qualquer sem saborão, ou Ana Galvão, até a Mónica Mendes. Ou, porque não, entregar a condução do programa ao Nuno Markl. Ele, sim, já não é um novato nestas coisas da rádio.

Comentários

devias era tentar descobrir onde se entregam curriculos para isso... reparo que a verificação de palavras me pede para escrever "potefk" - esta palavra parece-me um excelente insulto...

Mensagens populares